SC | Comitê para Democratização da Informática de Santa Catarina - CPDI

O Objetivo desta campanha é a arrecadação de recursos financeiros para o COMITÊ PARA DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMÁTICA, localizado em Florianópolis, SC.


O modelo Comitê para Democratização da Informática está adaptado, com sucesso, para atender diversos públicos como crianças, jovens e adultos, com o propósito da inclusão social através da inclusão digital.

O trabalho do Comitê para Democratização da Informática é amparado por uma Proposta Político Pedagógica inspirada em conceitos do educador Paulo Freire, o que possibilita sua aplicação em diferentes cenários. Trata-se de uma pedagogia construída a partir da percepção da realidade local, que pode ser transformada a partir da ação cidadã.

Missão
Nossa missão é transformar vidas e fortalecer comunidades através da formação em tecnologias da informação e comunicação e de um aprendizado complementar voltado à prática da cidadania e do empreendedorismo.

Visão
Acreditamos num mundo onde todas as pessoas possam participar ativamente da nova sociedade do conhecimento, na condição de cidadãos autônomos, críticos e empreendedores.

Criada em 2001 a regional Santa Catarina do Comitê para a Democratização da Informática, está localizada em Florianópolis, sendo uma organização não governamental sem fins lucrativos que, desenvolve trabalho pioneiro de promoção da inclusão social, usando a tecnologia da informação como instrumento para a construção e o exercício da cidadania, através de parceria com organizações e voluntários envolvidos em promover a inclusão social utilizando a Tecnologia da Informação.

No ano de 2004, o Comitê para Democratização da Informática – SC tornou-se uma organização de Utilidade Pública Municipal, através da Lei 6494, que a reconheceu como uma organização não-governamental que utiliza a tecnologia como ferramenta para combater a pobreza, a desigualdade e promover o empreendedorismo. Já em 2011 o Comitê para Democratização da Informática -SC tornou-se uma organização de Utilidade Pública Estadual, através da Lei 15.565 de 21 de setembro de 2011.

Em 2019 foram capacitados nos nossos cursos de Inclusão digital 1.300 alunos de comunidades em situação de exclusão social.

Trabalhamos com projetos de inclusão digital e o Programa ReciclaTec cujo objetivo é reciclar, recondicionar e dar um destino adequado aos resíduos eletrônicos descartados pela sociedade.

Além da própria reutilização de equipamentos para os Projetos de Inclusão Digital. Outra importante função do Programa ReciclaTec é retirar de circulação os componentes que concentram chumbo, silício, alumínio, ferro, cromo, borracha, plástico e cobre, elementos que mal utilizados podem acarretar graves problemas à saúde e à natureza, contribuindo desta forma para a diminuição destes resíduos nos aterros sanitários, rios, mangues e terrenos baldios.

Conheça mais e ajude:

Instagram: 
https://www.instagram.com/cpdisc/

Youtube: 
https://www.youtube.com/channel/UCxZz5L9aHSH2yabNiupfbng

Formas de pagamento
Cartão de Crédito
Boleto Bancário

Beneficiário

Razão Social: COMITE PARA DEMOCRATIZACAO DA INFORMATICA DE SANTA CATARINA

CNPJ: 05.342.327/0001-65

Site: www.cpdi.org.br

Telefone:

Doe quanto desejar

Escolha a frequência de sua doação

Única
Recorrente

Formas de Pagamento

Cartão de Crédito
Boleto Bancário